Endoscopia

Qualidade, segurança e conforto em endoscopia.

Endoscopia Digestiva Alta

O que é Endoscopia Digestiva Alta?

A endoscopia permite o exame das paredes da parte superior de seu aparelho digestivo, o que inclui o esôfago, o estômago e o duodeno (primeira parte do intestino delgado). O aparelho usado para o exame é um tubo fino e flexível – o endoscópio, que permite ao médico observar as imagens em um monitor de vídeo. A Alta Definição é desejável e é o padrão atual na endoscopia, pois maior definição de imagem significa maior nitidez e capacidade de diagnosticar e caracterizar lesões sutis ou precoces, com aumento da performance do exame.

Por que ela é necessária?

A endoscopia ajuda seu médico a definir a causa de sintomas como dor em abdome superior, náusea, vômitos, dificuldade para engolir, entre outros. É também um excelente método para a investigação de sangramentos digestivos. Gastrites e úlceras são exemplos de doenças facilmente diagnosticadas pela endoscopia.

Seu médico pode também usar a endoscopia para obter biópsias (pequenos fragmentos de tecido), que servem para distinguir entre lesões benignas ou malignas. Aliás, é bom lembrar que biópsias são tomadas para várias finalidades, e o médico pode realiza-las mesmo sem a suspeita de doença maligna.

Além disto, a endoscopia pode servir para o tratamento de alguns problemas do aparelho digestivo alto. Como exemplos, podemos citar a dilatação de segmentos estreitados do esôfago, a remoção de pólipos e objetos engolidos acidentalmente e o tratamento de hemorragias.

Como devo me preparar para o procedimento?

O estômago deve estar vazio para a endoscopia. Por isto, você não deve comer ou beber nada a partir de oito horas antes do horário marcado para o exame. Se você precisar tomar remédios, o faça com pequenos goles de água. Não use antiácidos.

Avise ao médico se você é alérgico a alguma medicação ou se sabidamente possui problemas de saúde (principalmente cardíacos ou pulmonares). Também não deixe de comunicar o uso de medicamentos - especialmente anticoagulantes ou remédios para "afinar o sangue".


Será necessário remover óculos e próteses dentárias para o exame. Caso seja diabético, marque a endoscopia para um dos primeiros horários do dia e faça uso dos medicamerntos (orais ou insulina) após o exame, próximo à primeira refeição do dia.

Não é recomendável às mulheres comparecer ao exame com esmalte escuro, pois isto pode interferir com a precisão do oxímetro (aparelho usado para monitorizar a oxigenação do sangue).

Vai realizar este exame? Faça o download do consentimento correto:

O que acontecerá durante o exame?

Você receberá uma pequena quantidade de líquido para ingerir, que serve para “limpar” melhor as áreas a serem examinadas. A seguir, um anestésico local será borrifado na garganta, para permitir a passagem do aparelho com o menor desconforto possível.

Você deitará confortavelmente sobre seu lado esquerdo e receberá uma medicação sedativa pela veia, para ficar mais relaxado. Então, o aparelho será passado através de sua boca para o esôfago, estômago e duodeno.

O endoscópio não interfere com a respiração, e não causa dor. Você pode se sentir um pouco estufado, uma vez que será necessário colocar uma certa quantidade de ar dentro do estômago para permitir o exame.

Procedimentos rotineiros como tomada de biópsias são totalmente indolores. No total, o exame costuma durar cerca de dez minutos.

Depois do exame

Você permanecerá na área de repouso da ESADI por quinze a trinta minutos, até que os principais efeitos dos medicamentos usados desapareçam. Sua garganta poderá ficar um pouco dormente ou levemente dolorosa, e eventualmente pode haver uma sensação de estufamento no abdome pelo ar colocado no estômago. Todos estes efeitos são leves e passageiros.

Você poderá comer normalmente quando cessar o efeito do anestésico em sua garganta (o que leva cerca de 45 minutos).        
Se você recebeu medicação sedativa convencional para o exame, não poderá dirigir automóveis, operar maquinaria ou tomar decisões importantes pelo resto do dia.

Mesmo que você se sinta normal, é sabido que a sedação diminui seus reflexos e julgamento por várias horas. Por este motivo, venha acompanhado para o exame por alguém capaz de auxilia-lo no que for necessário e leva-lo para casa. Se foi usado propofol, o tempo de recuperação para as funções habituais é menor.

Riscos?

Apesar de complicações poderem ocorrer, elas são muito raras. Os riscos potenciais são reações aos medicamentos empregados, complicações de doenças pulmonares ou cardíacas, perfuração ou hemorragia.

Estes riscos são um pouco maiores após procedimentos terapêuticos como retirada de pólipos, por exemplo. É importante que você reconheça sinais precoces de eventuais complicações – se você apresentar febre, dificuldade para engolir, dores importantes, vômitos ou fezes enegrecidas após o exame, esteja certo de nos informar imediatamente.

Resultados

Você receberá o laudo com o resultado do exame na recuperação, assim que deixar a ESADI. Se foi colhido material para o teste da urease - que serve para detectar a presença de uma bactéria, chamada Helicobacter pylori, no estômago - seu resultado estará disponível por telefone em 24 horas.

Os resultados de testes adicionais, como biópsias, podem demorar alguns dias e são encaminhados diretamente ao médico solicitante da endoscopia.

Perguntas, imprevistos, problemas?

Este informativo lhe dá um entendimento básico do procedimento. Ele pode não esclarecer todas suas dúvidas.

Neste caso, nosso pessoal pode lhe ajudar através do telefone (47) 3222-0432 de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas.

 

Anestesiologia

A aliança com a Anesteclin, clínica de Anestesiologia, proporciona a realização de sedação mais segura e confortável, com o acompanhamento de médico anestesiologista durante todo o procedimento e recuperação.*
*Sedação realizada por anestesiologista coberta por alguns convênios e opcional em outros. Informe-se com nosso pessoal.

Limpeza e Desinfecção

Obedecemos a padrões internacionais de limpeza e desinfecção dos aparelhos e acessórios e estamos adequados à RDC 06/2013 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Dúvidas, questões?

Por favor, não hesite em conversar com a equipe Esadi.
Estamos à disposição para dirimir qualquer dúvida que você possa vir a ter.